4020-2504 / (31) 3239-4000
Usuário Senha
Esqueceu sua senha?

Notícias

Relatórios gerenciais, os aliados na tomada de decisão
Por: Comunicação LINKCOM – Revisão: Aline Lopes e Rafael Pimenta, especialistas 12 de Junho de 2018 em: Blog

Relatórios gerenciais são documentos que traduzem informações relevantes sobre o negócio. Através deles, são avaliadas informações chave que possibilitam análises estratégicas, global ou por área, como suporte à tomada de decisões. A partir dos relatórios as empresas podem fazer acompanhamento da evolução do negócio (ou dos negócios), comparando resultados à metas e expectativas de forma rápida e visual.

Entender e saber interpretar esses relatórios é de extrema importância para o sucesso da organização, especialmente se a gestão envolve uma visão multinegócios ou multiempresas. Nesta linha de raciocínio, prestadoras de serviços em geral e distribuidoras são beneficiados pela gestão integrada e sistêmica de processos.

Mas você sabe realmente como utilizar esse recurso a seu favor? Confira a seguir os benefícios oferecidos pelo relatório gerencial e como fazer uso deste documento.

 

1. Estabelecendo estratégias

Ter um planejamento estratégico bem estruturado e coerente com o negócio é imprescindível para o sucesso de uma empresa. Os relatórios gerenciais permitem uma visão comparativa do cenário real, em relação ao que é esperado pelo negócios, permitindo definir novas diretrizes e criar ações futuras de melhoria, por exemplo. O principal objetivo dos relatórios é enxergar o alinhamento  ou desvios em relação aos objetivos da empresa.

 

2. Informações atualizadas

Sistemas de gestão integrada, como o W3ERP (especializado em prestadoras de serviços) e W3DISTRIBUIDORA (especializado em distribuidoras), oferecem relatórios gerenciais atualizados em tempo real. Para decisões rápidas e assertivas, é importante garantir que a consulta seja um retrato fiel do momento. Isso evidencia as necessidades críticas, que precisem de mudanças imediatas, delegando tarefas aos responsáveis com mais eficiência.

 

3. Dados estruturados

Foco no visual e na objetividade. Tenha as informações apresentadas de modo que a interpretação seja facilitada, via gráficos, faróis, tabelas e planilhas. Dashboards e gestão à vista são excelentes ferramentas para gerar comprometimento com o impacto de resultados.

 

4. Acompanhe os desempenhos

Os relatórios gerenciais geram históricos importantes para o processo de planejamento e controle de desvios.  O objetivo do acompanhamento contínuo, com filtros que possibilitem comparação com a série histórica, permite mais aprendizado e segurança ao prever as tendências e prioridades.

 

5. Relatórios customizados

Empresas que trabalham com um sistema de gestão eficaz e integrado, geralmente oferecem opções de personalização de ferramentas e relatórios, conforme necessidade da empresa. Customizar relatórios que sejam ainda mais coerentes com a realidade da empresa ajudam, inclusive, na adaptação da equipe a novas ferramentas de gestão.

 

Até aqui já compreendemos os benefícios oferecidos pelos relatórios gerenciais, mas como entendê-los e interpretá-los com agilidade?

 

1. Identifique resultados

Foco em resultados! Relatórios mostram resultados que podem indicar desvios de processos. Entretanto, nestes relatórios você não vai ver como anda cada fase do seu processo, mas terá uma boa noção de qual processo deve auditar. Oportunidades geralmente surgem quando conseguimos falar com clareza sobre resultados junto aos gestores, sejam eles bons ou ruins. Isso permite redistribuir esforços para atividades mais rentáveis. Neste sentido, softwares ERP web que otimizam a produtividade e reduzem o custo operacional podem ser bons aliados.

 

2. Analise informações mais importantes e verifique detalhes

Ao interpretar um relatório, ainda como foco em resultados, faça primeiro a análise macro das informações mais importantes retratadas. Metas e objetivos foram alcançados? O planejamento estratégico está sendo executado? Qual interpretação em médio e longo prazo, se o desempenho se mantiver? Só após ter essas respostas, comece a analisar as informações mais detalhadamente, identificando a origem de desvios nos principais resultados. Importante: não fique focado só em resultados negativos. Ele são um bom direcionamento em relação a prioridades e itens críticos a serem melhorados com mais urgências, mas boas práticas de gestão aprendidas não devem perder espaço na análise, pois geram motivação.

 

3. Mix completo de relatórios chave

Ferramentas que permitam visão completa via relatórios, sejam eles unificados ou não, certamente garantem uma melhor análise. Neste ponto, reiteramos a importância de ter uma ferramenta integrada para uma visão abrangente e específica do segmento do negócio usando resultados como aprendizado e como determinantes para pensar novos projetos.

 

Ainda não utiliza todos os benefícios de relatórios gerenciais na tomada de decisão? Veja como podemos te ajudar. Fale com um de nossos consultores.

 

 

Compartilhe!
Linkcom
  • Av. do Contorno, 2905, Loja | Santa Efigênia | Belo Horizonte MG | 30110-915 | Brasil
  • 4020-2504 / (31) 3239-4000