4020-2504 / (31) 3239-4000
Usuário Senha
Esqueceu sua senha?

Notícias

Diminuição da taxa de juros: como isso afeta a economia e o empreendedorismo?
Por: Julia Drumond 02 de Maio de 2017 em: Blog

O Banco Central fez, no início do mês de abril, o maior corte de juros nos últimos oito anos, reduzindo de 12,25% para 11,25%. O corte foi nos juros básicos da economia (Selic).

A taxa Selic é usada como referência por bancos para conceder empréstimos a empresas e consumidores e é considerado um parâmetro para definir o custo de capital no país. Ela é a taxa mínima de retorno de um investimento.

Diante desse cenário, é importante refletir como isso vai afetar a economia, para compreender como proceder neste momento delicado do Brasil.

economia Brasil

É importante lembrar que os juros altos são uma arma usada por muitos governos para combater a inflação, mas podem atrapalhar no crescimento do país.

Importância dos juros básico (Selic)

A taxa Selic é importante para a economia por ser uma referência para investimentos. Esses juros são considerados como a menor taxa de retorno para o custo do dinheiro. Traduzindo, quando um empresário decide colocar em prática um projeto, é necessário avaliar se o lucro do projeto é maior ou menor que essa taxa básica.

Se a taxa Selic for menor do que a taxa esperada de lucro do investimento, é provável que o risco desse empreendimento será menor.

Tendência de consumo

Segundo o Banco do Brasil, o Comitê de Política Monetária considera o momento como ideal para o processo de flexibilização monetária (corte de juros), pois compreende que a inflação tem recuado para níveis ao redor de 4,5%.

Como a tendência da inflação está de queda, isso aliado à redução de juros deve tornar o crédito mais barato, de forma a incentivar o consumo no Brasil. Apesar disso, é provável que o consumidor demore a sentir os benefícios disso, pois o consumo também depende que questões como mercado de trabalho e renda.

 

LEIA TAMBÉM:

Como economizar nos custos de transporte da sua empresa

 

 

Financiamentos e empréstimos

Como a Selic influencia diretamente sobre o valor que o consumidor paga por empréstimos e financiamentos, com sua alteração também ocorrerá uma mudanção no custo dos bancos para captar recursos. Esses recursos consistem no dinheiro que será emprestado aos clientes.

Assim, o empréstimo e o custo aos clientes podem aumentar nos próximos meses, pois ficará mais barato. Se isso acontecer, ajudará a retomada da economia, com crédito mais barato para empresas e consumidores. Outro fator que encarece o crédito é a inadimplência, causada pelo desemprego e queda da renda.

economia de empresas

Investimentos de empresas

Os investimentos produtivos das empresas (ampliações, compra de equipamentos) podem melhorar nos próximos meses. Com os juros em queda e a possibilidade da economia reaquecer, as empresas voltam a pensar em investir na produção.

Conclusão

A tomada de decisão do Banco do Brasil em reduzir a taxa Selic pode gerar um momento de reaquecimento da economia, que a longo prazo resultará em maiores condições de consumo para a população. Para os empreendedores, pode ser um bom momento para colocar projetos em prática, que antes não era possível devido à retração econômica.

Gostou do artigo? Leia também sobre a Reforma da Previdência e como ela vai atingir o patrão e o empregado.

Compartilhe!
Linkcom
  • Av. do Contorno, 2905, 13º Andar | Santa Efigênia | Belo Horizonte - MG | 30110-014 | Brasil
  • 4020-2504 / (31) 3239-4000